quinta-feira, 10 de maio de 2007

Aos meus pais

















Meu pensamento desliza, caminha pela minha infância, e lá docilmente eu os vejo, conduzindo oito filhos com tanto carinho, com dedicação, com tanto amor.
Certamente não saberei com palavras, expressar os meus sentimentos. Suas ações, seus atos de bondade, de resignação, de tolerância, de vida, nortearam meus passos da infância à velhice.
 Ensinaram-me a ser verdadeira, a ser gente, com princípios e valores de honestidade, alheios às contradições nos exemplos da vida, em que a ética e a moral são banalizados e distorcidos.
Pai, lembro das caminhada, das viagens repletas de aventura, para chegarmos às praias, meu velho, fazia de seus um metro e poucos, gigante em nossos corações.
Mãe, anular-se em seus ideais, transferir seus anseios de pianista ao dedilhar doméstico, nos coloca em cheque, e humildemente só podemos dizer-lhe OBRIGADO
Talentosos desempenharam a bela e árdua missão de pais e amigos, não permitindo que as injustiças, reflexo do desamor, vírus nocivo da sociedade moderna, se instalasse em nossos corações.
Obrigado papai, obrigado mamãe, que Deus os abençoe onde quer que estejam.
Registro aqui o meu carinho, o meu amor.

12 comentários:

Tarcisio disse...

Pela propaganda da sua filha vim parar aqui. Que muitos posts como esse da homenagem apareçam por aqui. Abraços

Adriana disse...

Parabéns a mamae da Vivien, sou Adriana atualmente morando na Espanha e amiga da Vivien ha longos 20 anos, desde a época do anibal...Benvinda a este mundo da blogosfera...
Beijinhos carinhosos do outro lado do oceano...

Vivien disse...

O vovô e a vovó nem sabiam o que era blog, agora viraram estrelas nele.;0)

Cleise Helen disse...

Maria Helena, te achei, agora posso conversar contigo ainda... estou lendo seus textos pra minha mãe e pra Tia Ice, que está aqui de visita... Bem vinda e continue contando essas estórias cativantes, afinal, toda professora é uma "contadora de estórias". Beijos, da prima-sobrinha.

Cleise Helen disse...

Maria Helena que vou te "ver"! Estou klendo suas estórias para a mãe e a Tia Ice, que está aqui à passeio.
Continue nos brindando com estórias tão cativantes... afinal, as professoras são, acima de tudo,"contadoras de estórias"
Beijos, Key

Cleise Helen disse...

Oi, desconsidera um dos dois comentários, me mepolguei... Beijos Cleise

Maria Helena disse...

Tarcisio
Obrigado pelo comentário. Falar sobre os pais vem sempre carregado
de muita emoção.
Desculpe o atraso na resposta,foi por motivos técnicos( não sabia mesmo como fazê-lo),mas a Vivinha já me ensinou, será que eu aprendí...
Maria Helena

Maria Helena disse...

Adriana
Obrigado pela força. Sei quem você é, a Vivinha fala sempre sobre a amizade de vocês.
Como o oceano ficou pequeno.
Beijos
Maria Helena

Maria Helena disse...

Vivinha
Você sabe que falar ou escrever sobre eles, vem sempre carregado
de muita emoção.
É, acho que devem estar gostando.
Mamãe

Maria Helena disse...

Cleise
Esse texto( um pouco modificado) eu
fiz e entreguei para eles em 1989.
Ficaram felizes por saberem o quanto eram amados, e orgulhosos por se darem conta de como eu os valorizava.
Obrigado pela força, e dê um beijão bem grande nessas Marias, que gosto tanto.
Beijos carinhosos para todos
Maria Helena

marcia disse...

que lindo o teu blog. :)

Maria Helena disse...

Obrigado Márcia. pela gentileza.