segunda-feira, 4 de junho de 2007

Fazenda Jambeiro






Vou dar uma trégua no meu diário, para falar sobre um exemplo de abandono.
Lendo as notícias do dia em um jornal aqui de Campinas, fiquei bastante triste com uma matéria, sobre uma fazenda da região. A Fazenda Jambeiro.
Segundo o jornal, o casarão foi construído em 1897 por Ramos de Azevedo, tinha dois andares, seis dormitórios, dois quartos de banho , duas grandes varandas decoradas com azulejo português, requinte da elite campineira, até o imperador D.Pedro II, foi um hóspede da fazenda.
Lendo isso, comecei a dar forma, movimento, cor, ação e só faltou o... gravaaaando...tentando reconstruir a imponente residência, na plenitude de seus dias de glória . Faço sempre isso quando me deparo com construções decadentes, a exemplo do filme TITANIC.
Em cena:
Que linda fazenda!! Que sofisticação!! Símbolo do glamour da época, vejo-os todos, lindos, sorridentes, cumprindo as tarefas domésticas. Na sala o requinte na beleza das rendas , dos babados, na cozinha, as compotas dos doces em potes de cristais dão água na boca, nas grandes gamelas os legumes colhidos da horta,a fartura presente no grande fogão à lenha.
Porém a minha imaginação passeia somente pela casa sede, pela capela, pelos jardins, não caminha até a senzala. Essa, deixo-a como um quadro, sem colorido em preto e branco.
A prefeitura de Campinas não pode e não deve deixar às ruínas, um patrimônio histórico desse porte.




4 comentários:

Lord Broken Pottery disse...

Maria Helena,
Só o fato de ser obra de Ramos de Azevedo justificaria maior atenção das autoridades.
Beijo

Maria Helena disse...

Lord,
Falou e disse.
Voltando à família, nós somos oito sim,sete homens e só eu de mulher, porém sou a 3ª, não vou virar loba, acho que nem Esopo me colocaria nessa condição,hoje estou mais para ovelha.
Bjs

Vivien disse...

Já sei que vc bolou a reforma toda, confessa, confessa...

Maria Helena disse...

Vivinha,
Reformei tudo, tudinho, tudinho...
Bjs
Mamãe