segunda-feira, 5 de abril de 2010

De volta aos velhos tempos

















Esse era o meu pai, figuraça, todos o adoravam.
Mamãe não gostava dessa foto porque apertou a boca pra sorrir. Mãe com M maiúsculo, dona de todos.

Então...
Algumas matas circundava Venceslau, e nós os venceslauenses as denominava de 1ª, 2ª e 3ª mata. Papai vez ou outra juntava a filharada e seguia abrindo picadas (palavra usada por ele) imitando as Bandeiras. Coberto com as tralhas, facão, botas, chapéu, relhos, cordas, e outras que não me recordo no momento, era o próprio Borba Gato.

Mamãe ficava apreensiva, amendrontada, mas não impedia, porque a nossa alegria em desbravar o sertão (rsrs) era enorme. Ela ainda apelava: _ Minha filha, voce é menina, fica com a mamãe. Ledo engano, a menina, era a mais atrevida da trupe, e seguia na frente com a pai, como se fosse a lider.

A primeira mata era sempre a escolhida, por sua vegetação exuberante e fácil o acesso.
No lago, com as árvores quase arrastando em suas águas, brincavamos muito e a imaginação voava a todo vapor. Com as cordas amarradas nas árvores, a Jane e os Tarzanzinhos, que estavam mais para pigmeus faziam loucuras arremessando-se uns aos outros, e caindo no meio do lago.

Papai era o nosso herói, nosso gigante, apesar de seus um metro e poucos.
Chegávamos em casa cobertos de lama, com fome, cansados, mas muito feliiiiizeesssssss.
Era muita diversão.
Obrigado meu pai, por dias inesquecíveis que nos proporcionou.

8 comentários:

Sonho Meu disse...

Lembranças de crianças que nos faz um bem danado...ne mesmo?
Eu tambem tive uma infancia muito gostosa junto com meus dez irmaos.
Brincando no mato, nadando no rio e açudes do sitio do meu pai. Meus filhos nao tiveram essa sorte, infelizmente.
bjs,
me

Maria Helena disse...

Xará
Muito bom relembrar a infancia, tempos inesquecíveis.Pelo jeito vc tb aproveitou bem a sua.
Quanto aos meus filhos,tiveram sorte, porque grande parte da infância deles, foi perto dos meus pais, morávamos em um mesmo condominio. Meu pai fazia com eles e outros netos que moram perto, as mesmas peripécias que fazia com os filhos. Ele era incrível.
Bjs

Heloísa disse...

Maria Helena,
Que boas as suas lembranças.
Tive que dar um jeito de escrever para você, e desejar-lhe uma maravilhosa viagem.
Não encontrei seu e-mail, então escrevo por aqui. Com certeza, você amará Paris, e tudo mais que visitar na Europa.
Paris tem um encanto fora de série. Aproveite o mais que puder.
Beijos.

Cleise Helen disse...

Tio Belinho era o máximo! Eu adorava andar a cavalo com ele, só mesmo ele e meu avô para proporcionarem momentos tão especiais na minha infância.

Maria Helena disse...

Cleise
Sem dúvida. Essa dupla foi uma felicidade em nossas vidas.
Bjs

Maria Helena disse...

Heloisa
Muito obrigado.
Vai ser a viagem dos meus nonhos.
Bjs

http://graceolsson.com/blog disse...

Éramos felizes e nao sabíamos..bjs, querida...E dias felzies

graceolsson.com/blog

Maria Helena disse...

Grace
Obrigado.
Meus pais foram pessoas que educaram os filhos sem nenhuma técnica, nenhum estudo em psicologia, apenas por intuição, por amor incondicional. Acertaram.
Bjs